{#CQSAIFPV: #2}

Figura1

Voltei com mais um CQSAIFPV, your one and only source into the scandalous lives of Internet’s elite.

Se você estava ocupada demais fazendo coisas desnecessárias, tipo, trabalhar, ou deixou passar despercebido, vem ver o que rolou na internet!

Essa semana o que bombou na rede mundial de computadores foi a galera falando sobre o app Lulu.
Caso você não tenha visto nada a respeito (o que eu acho impossível), Lulu é um aplicativo que tem como função dar notas para os caras do seu facebook, anonimamente.

Eu até instalei o app (só a nível profissional (AHAM) ) porque isso pareceu uma coisa tão sem cabimento que eu precisava formar uma opinião concreta. O bom do aplicativo é que não dá pra você escrever o que quiser mas o ruim do aplicativo é que não dá pra você escrever o que quiser.  É tudo predefinido por um esquema de alternativas.
Mas aí eu pergunto a você, querida empresária  que desenvolveu esse aplicativo. Você achou mesmo, do fundo do seu coração, que as mulheres iriam recomendar os seus ex, falar as qualidades e dizer “pega aí meninas”? MAS QUE INGENUIDADE É ESSA MINHA SENHORA? Certeza que quem deu notas positivas são aquelas amigas que são praticamente brothers dos caras ou a mãe deles. Mulher é um bicho egoísta. Não chamamos de “meu ex” por acaso. Olhe a propriedade ali no ‘meu’. Não interessa quem terminou com quem, o que interessa é que ninguém mais pode pegar e, se pegar, que eu não conheça a pessoa que é pra me dar o direito de falar mal dela a vontade.

Mas é assim que a internet está, minhas amigas. Fazendo a objetificação das pessoas. Os sites de relacionamento tratam as pessoas como cardápio, julgam o livro pela capa. Saudade dos áureos tempos de bate papo UOL, onde todos eram iguais perante o nickname (alguns com centímetros a mais) e rolava aquela disputa saudável com as amigas de quem ia pro reservado mais rápido.

Onde está o amor duradouro, o até que a morte nos separe?

“Ele deve ter sido um marido tão bom que tiraria 10 no Lulu, certeza”

“Ele deve ter sido um marido tão bom que tiraria 10 no Lulu, certeza”

Daí que há boatos de que sairá um app do mesmo jeito só que para os meninos, o Tubby. Acho que já deu essa historia de pagar na mesma moeda porque parece que eu estou de volta à 7ª série.

Tem uma coisa que se chama mesa de bar, que é usada por gerações para falar desses assuntos.

Ex bom é ex block + report as spam

Ex bom é ex block + report as spam

Na verdade eu tenho é medo de onde tudo isso vai parar. MENINOS NÃO CONFIEM NO TUBBY É TUDO INTRIGA DA OPOSIÇÃO!!!

Mas essa semana também foi maravilhosa por motivos de: Steve Kardynal. Ele tem um canal onde só posta vídeos sem noção e se tem uma coisa que eu amo nesse mundo é gente que não tem medo de passar vergonha.

E esse vídeo já está no top 5 do meu coração pra sempre ❤

Ele dispensa qualquer comentário, basta dar play e chorar de emoção com essa performance digna do VMA, do AMA, do OSCAR, do Especial Fim de Ano da Globo. ❤

Van Dame aceitou o desafio

Van Dame aceitou o desafio

Entrando mais na vibe do Feminina & Compulsiva, esse ladrão sambou na cara da sociedade, demonstrando mais vaidade do que eu já tive na vida.

Conhecido como ‘Ladrão Cheiroso’, ele normalmente assalta lojas de roupas e acessórios, no estado do Paraná. Gente! É um bandido metrossexual! Tá ai pra quebrar os tabus da sociedade que bandido não se cuida, não trata a pele, não tira cutícula. Ele manja até de coloração de cabelo. Mas não qualquer coloração, manja de pintar o cabelo de loiro! Platinado!
E usa laquê pra ofuscar a câmera, gente <3. A arma dele deve uma chapinha. “Nem vem que jogo reparador de pontas no seus olhos!”

 

Quero muito que ele seja preso. Não pra ele pagar pelo crime, pelo prejuízo, nem nada. Apenas quero MUITO ver como ficou o cabelo dele, de repente pegar umas dicas, quem sabe. Uma vez tentei pintar sozinha de loiro e não deu muito certo não.

Me deixa, to gata.

Me deixa, to gata.

Nosso povo tem uma mania de abrasileirar as coisas, né? Como acontece com as musicas, agora também está acontecendo com os grandes filmes.
Apresento a vocês, na versão Herbert Richers, sem o Santoro <Del>travesti</Del> delicia, o filme 300.

THIS IS MY BOOOOYYYYYYY

THIS IS MY BOOOOYYYYYYY

Eu não sei vocês, mas se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida, é que NUNCA devemos desafiar alguém na escada. Lição aprendida na novela  e levada pra vida!

Bom suas lindas, vou ficando por aqui. Se deixei passar algo, comenta. Dicas e sugestões tbm são bem vidas!

Deixo vocês em um momento de reflexão. Minuto de Sabedoria.

figura7

#reflitão

Beijinho 😉

.

.

.

F&C - Juliane Pimentel

Você pode seguir o Feminina & Compulsiva também nas redes sociais:
♥   Facebook   ♥   Instagram   ♥   Pinterest   ♥   YouTube   ♥   Twitter   ♥

Anúncios